PORTES GRÁTIS A PARTIR DE 35€ PARA PORTUGAL CONTINENTAL

Como tudo começou...

A Ervanária Maringá já faz parte da história de Leiria há mais de 27 anos, consistência essa também atribuída pelo seu logótipo, pela sua cor, verde robusto símbolo da natureza, da frescura, do bem-estar… Foi em Janeiro de 1993 que António Crespo fundou este espaço de comércio, que até então disponibiliza aos seus clientes produtos e serviços de saúde, beleza e bem-estar.

Numa primeira instância, a Ervanária Maringá estava localizada na pequena loja Nº40 do Centro Comercial Maringá, sendo que em 1996 passou a ser apoiada paralelamente pela Natural Shop, a loja nº13 do Centro Comercial São Francisco, servindo esta última também de armazém dos produtos e suplementos alimentares. Na altura estavam ao serviço da ervanária apenas 3 funcionárias, em horários rotativos.

A expansão comercial na década de 90 foi notória, e desta forma foi necessário o desenvolvimento de um novo e mais amplo espaço, em que a mercadoria também estivesse mais acessível aos funcionários e clientes. E daí nasce a loja que todos nós hoje conhecemos: a Ervanária Maringá da loja nº29 abriu em 2000. Um espaço mais alegre, carregado de boas energias, um vai e vem de clientes apreciadores deste comércio tão tradicional.

Em 2014 optou-se pela amplificação no mercado, dando resposta á procura que havia na zona periférica de Leiria. Em Maio desse mesmo ano surge a Ervanária Maringá da Gândara dos Olivais e em Junho de 2015 abre na Marinha Grande.

Foi com muito esforço e dedicação que todos alcançaram a meta traçada. Até aos dias de hoje, António Crespo e as suas 10 funcionárias conseguiram criar uma sinergia benéfica entre as 3 lojas para que um único objetivo fosse conquistado a cada dia: a constante satisfação e confiança por parte dos nossos clientes. O espírito de equipa, a ambição, a proactividade e o atendimento personalizado são a base para este sucesso.

A Ervanária Maringá agradece às suas funcionárias, aos fornecedores, aos seus clientes e a todos os que fizeram e continuam a fazer parte da sua história.

 

×